Hormônios da felicidade - você conhece?

Você, certamente, já ouviu falar sobre os hormônios da felicidade, né? A dopamina, a endorfina, a oxitocina e a serotonina estão nessa categoria. 


Hoje, vamos falar especialmente da DOPAMINA. É um hormônio neurotransmissor que possui uma série de funções importantes no nosso cérebro e diretamente envolvido com a sensação de recompensa, motivação, memória e atenção. 


Quando ela é liberada em grandes quantidades, gera sensações de prazer e recompensa, fazendo com que a mente queira repetir o que gerou essa sensação. Em contra partida, os baixos níveis de dopamina geram redução de motivação e baixo entusiasmo. Existem algumas coisinhas que podem ser feitas pra manter o nível alto naturalmente:


- Comer proteínas: seja em carnes, ovos, legumes ou laticínios, o amnoácido presente nesses grupos está diretamente ligado com o aumento da dopamina no organismo.


- Sono regulado: a dopamina nos mantém alerta e em vigília quando liberada. Por isso, quando ficamos acordados grandes quantidades de dopamina são liberadas e à noite caem naturalmente. Por tanto, quando ficamos acordados ao longo da noite, os receptores desse neurotransmissor são menos acessíveis na manhã seguinte, aumento a sensação de cansaço.


- Meditação: a prática da meditação pode aumentar a produção de dopamina em até 64% após meditar durante 1 hora (dados de um estudo realizado na Dinamarca em 2002).


E, aí? Bora levar a dopamina pro alto pra viver ainda melhor?


  AlimentosDicasSaúde