Por quê somos sem glúten, sem lactose e sem conservantes?

A ProLight tem como filosofia proporcionar saúde de forma fácil e prática para que você aproveite seu tempo e sua vida com aquilo que realmente vale a pena!
Nosso objetivo é tornar a reeducação alimentar um prazer e, ao mesmo tempo, aliar saúde, prevenção de doenças e recuperação de autoestima aos nossos clientes. 

Dentro dessa ideia, trabalhamos com alimentos sem glúten, sem lácteos e sem conservantes. Por quê?

O glúten é uma proteína encontrada no trigo, no centeio, na cevada e na aveia. Ele dá aquela consistência “fofa” aos produtos industrializados, especialmente em pães, massas e bolos. Essa proteína pode não ser totalmente absorvida pelo organismo, o que causa desconforto e distensão abdominal. O glúten também desacelera o metabolismo, pois demora a ser processado. A principal doença é a celíaca, onde o glúten não é bem aceito pelo intestino, podendo causar sintomas ainda mais graves. A doença celíaca atinge 1 em cada 100 pessoas. 

Porém, a proteína do glúten pode causar desconforto e má digestão em cerca de 5% da população. Uma das explicações para cortar o glúten da alimentação é que a proteína sofreu algumas modificações maléficas desde os anos 1960. O cruzamento de várias espécies de trigo realizado em um estudo feito pelo agrônomo Normal Borlaug (1914 - 2009) mostrou drásticas alterações na estrutura do glúten. O glúten é um agente inflamatório que acaba gerando o acúmulo de gorduras. Essas mudanças estariam contribuindo para o aumento de diabetes, pressão alta e obesidade. 

Já a lactose, pode provocar problemas digestivos, inchaço, problemas de pele e condições respiratórias alteradas. Especialistas acreditam que não fomos feitos para consumir leite após os primeiros anos de vida. Isso se confirma com o alarmante dado de que 85% da população adulta tem algum grau de intolerância a lactose. 

Escolher consumir alimentos sem lactose é algo que pode acontecer a longo prazo. Hoje, a presença do leite não se faz mais necessária, já que existem substitutos vegetais à altura para manter sabor e textura na refeição.

Além de melhorar na digestão, na saúde respiratória e da pele, não consumir lactose ajuda a diminuir o inchaço provocado pelos lácteos, pode reduzir o risco de câncer e diminui o estresse oxidativo e as inflamações.

E os conservantes?

Esses são substâncias químicas, geralmente sintéticas, utilizadas para aumentar a durabilidade dos alimentos. Os conservantes concentram uma grande quantidade de sódio, o que é prejudicial à saúde. 

Os alimentos com conservantes também costumam trazer corantes artificiais nas composições. Essas substâncias são nocivas à saúde e possuem algo grau alergênico e cancerígeno. 

Por tudo isso, a ProLight preza sempre pelos melhores ingredientes, que excluem glúten, lactose e conservantes. Tudo isso para chegar ao que entregamos hoje: produtos 100% naturais e funcionais, sem conservantes, isentos de glúten, lácteos, e grãos geneticamente modificados, preferencialmente orgânicos, seguros, e que priorizam qualidade, sabor e saúde.



  AlimentosDietaSaúde

Produtos Relacionados