MENU

Carrinho 0 Favoritos 0
Loja Virtual
Kits Refeição Proteínas Carboidratos Legumes Veganos Sopas Salgados/Crepes Snacks e Doces
A FeelJoy
Quem somos No que acreditamos Tecnologia Parceiros Fornecedores
Depoimentos Na mídia Responsabilidade Social
Programas Dúvidas Frequentes Blog Contato Rio Grande do Sul
51 3028.2251 51 99512.5712
São Paulo
11 3032-4323 11 99320.9250

Já é usuário?

Login com Facebook
Esqueceu sua senha?

Não possui cadastro? Então

CADASTRE-SE
ou
|
0
R$0,00 0
  • Seu carrinho está vazio!

Programas Dúvidas Frequentes Blog Contato

8 dicas para você beber mais água em 2017

8 dicas para você beber mais água em 2017
Por Giórgia Bazotti

Que é muito importante tomar água, todo mundo sabe. Afinal, o corpo hidratado é fundamental para o bom funcionamento do organismo. Mas com a vida agitada, muitos esquecem de consumir água durante o dia e por isso acabam bebendo menos do que o ideal segundo Organização das Nações Unidas, que é de 2 litros por dia.


A dica para não esquecer de beber água é sempre carregar uma garrafa junto. Seja no carro, na bolsa ou na mochila. Há aqueles que colocam lembrete no celular para não esquecer. O Blog da Saúde, do Ministério da Saúde, publicou uma lista com informações importantes sobre o consumo de água. Além do nutricionista Daniel Novaes, eles também consultaram o Guia Alimentar do Ministério da Saúde.


Seu corpo é composto de água
Sem água não sobrevivemos muitos dias.  O total existente de água no corpo é de 75% na infância e mais da metade do corpo é água na vida adulta. Logo, não espere sentir sede para entender que o seu corpo precisa de água e a ingestão dela é fundamental para o equilíbrio do organismo. 

A necessidade de água pode variar 
Como qualquer alimento, a quantidade de água que você deve beber é variável, dependendo de uma série de fatores como idade, peso, atividade física que realiza e até mesmo clima e temperatura do ambiente onde vive. Segundo o nutricionista, pessoas que fazem atividade física com frequência, devem consumir de 4 a 5 litros de água durante o dia.  Isso porque já se perde água durante os exercícios e, por isso,  é necessário repor os estoques de eletrólitos, itens fundamentais para dar energia imediata ao corpo. Os atletas de altíssimo rendimento devem ingerir de 8 a 10 litros de água por dia.Já pessoas sedentárias, segundo recomendação da OMS, devem ingerir, em média de 2 e meio a 3 litros de água por dia. 

É água mesmo 
A quantidade de água recomendada para cada pessoa não deve ser diluída em outras bebidas. A quantidade recomendada de água não pode ser substituída por outro líquido, como sucos e bebidas açucaradas. Porém, pode  vir “temperada” com algumas rodelas de limão ou folhas de hortelã. Nem por isso, as outras bebidas que levam a água na composição não devem ainda fazer parte da ingestão diária de líquidos. Um chá de capim-santo ou mesmo o café, podem continuar a mesa, sempre usando o mínimo de açúcar possível. 

Outros alimentos ajudam a hidratar
Segundo o Guia Alimentar para a População Brasileira do Ministério da Saúde, o leite e a maior parte das frutas contém 80% a 90% de água na composição e mesmo as verduras e legumes cozidos ou em forma de salada costumam ser compostos de mais de 90% em água. Já os alimentos após o cozimento, como macarrão, batata ou a mandioca, possuem cerca de 70% de água. Um prato de feijão e arroz é constituído por dois terços de água. Diferente dos alimentos in natura ou minimamente processados (esses o Ministério da Saúde  recomenda que sempre estejam a mesa), os alimentos ultraprecessados são escassos de água, exatamente para que durem nas prateleiras. Salgadinhos de pacote e biscoitos possuem menos de 5% de água. 

Mantém a pressão arterial equilibrada
A pressão arterial é responsável por dar força ao sangue, para que ele percorra o caminho que precisa dentro do nosso corpo, levando oxigênio e nutrientes para os órgãos. Para manter a pressão arterial equilibrada, o nutricionista afirma que é fundamental beber água. “Isso porque a água é um componente importante do sangue, responsável por regular a pressão arterial. Além disso, é importante reduzir o consumo de sal”, detalha o nutricionista.

 

Previne contra outras doenças
Se manter hidratado pode ser fundamental para evitar outras doenças, além das relacionadas ao sistema circulatório. Sem água, os índices de uréia e ácido úrico no sangue podem ficar alterados  sendo responsáveis por problemas como pedras nos rins ou complicações nas articulações.  

Ajuda a emagrecer
Se você deseja emagrecer e já está adotando hábitos alimentares mais saudáveis e praticando atividade física regular, a água vai te ajudar. “Beber água auxilia na desinflamação da gordura. O excesso de gordura vem da célula inflamada  e a água é fundamental para fazer essa célula voltar ao normal. Se a pessoa está em um  processo de emagrecimento e não ingere a quantidade de água  recomendada, terá  dificuldade para emagrecer”, afirma o nutricionista Daniel. 

Cuidado com os remédios que são usados apenas para desinchar
Na busca por um corpo mais magro, algumas pessoas costumam tomar certas medicações que “ajudam” a desinchar. O nutricionista faz um alerta. “É perigoso  tomar esses remedinhos que são para desinchar, que tiram a água do corpo. Eles acabam causando cãibra,  fadiga e tontura.  Há uma grande chance desses sintomas estarem relacionados a falta de água, nesse caso. Também pode aparecer edemas e inchaço no corpo já que o organismo vai sentir a falta da água e vai querer reter o pouco que tem”, explica.